Sábado, 19 de Setembro de 2020

Brasil

Publicada em 24/10/19 às 07:25h - 20 visualizações
PREOCUPAÇÃO Autoridades debatem uso de cerol em Franca

Radio Bela Vista SP


Autoridades debatem uso de cerol em Franca 

Autoridades debatem estratégias para combater o uso de cerol e linha chilena na cidade. Reunião aconteceu na sede do Ministério Público Estadual. | Foto: Divulgação

Foi realizada na manhã de ontem (23), na 10° Promotoria de Justiça da Infância e Juventude de Franca, uma reunião entre autoridades que debateram a questão do cerol na cidade. Foram discutidas medidas contra o uso do material, especialmente da chamada “linha chilena”, que tem o poder de corte até quatro vezes maior do que o cerol. Participaram o Promotor de Justiça Anderson de Castro Ogrizio, o vereador pastor Otávio Pinheiro, a capitã da Polícia Militar Cláudia Lança, o Guarda Civil José Antônio Pimenta e os representantes do Conselho Tutelar, José Luiz Pimenta e Rosenete Boline. 
Uma lei aprovada em 2009 pela Câmara Municipal, torna crime o uso de cerol em Franca. Em 2019 o vereador pastor Otávio acrescentou no projeto o uso da “linha chilena”, que é industrializada e vendida de forma ilegal. A alteração foi aprovada, mas não existe uma fiscalização efetiva contra a comercialização do material. A reunião de ontem traçou estratégias para mudar este cenário. 
“A fiscalização agora ficará por conta da Polícia Militar, da Guarda Civil e do Conselho Tutelar. Neste momento haverá uma campanha de orientação em escolas e junto aos pais, especialmente com a proximidade do período de férias escolares", afirmou pastor Otávio.
Segundo o promotor Anderson de Castro, campanhas serão realizadas para conscientizar a comunidade sobre o perigo do uso da "linha chilena". Ele explicou que além do registro de boletim de ocorrência, os pais ou responsáveis pelos menores que forem pegos com a linha,  podem pagar multas. "É uma lei muito importante que foi aprovada e vamos contribuir para que ela seja cumprida. A linha chilena é uma arma e esta lei vai proteger as crianças e as pessoas de uma forma geral", destacou o promotor. 
Ainda de acordo com ele, a participação da população é fundamental com denúncias para Polícia Militar, Guarda Civil e ao Conselho Tutelar. 
"Os responsáveis pelos menores e quem for pego vendendo estes materiais, vão responder criminalmente por isso. As multas propostas na lei podem chegar a R$1.500, os valores podem dobrar em casos de reincidência" finalizou o promotor.   

FONTE-http://www.verdadeon.com.br/news/autoridades-debatem-uso-de-cerol-em-franca-




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:





(16)99153-0444

No Ar
TUNEL DO TEMPO com TUNEL DO TEMPO
Peça sua Música

  • Alexandre
    Cidade: SJBV
    Música: Pompem Raimundos
  • Renan
    Cidade: São José da Bela vista
    Música: Manda uma música do Gustavo Lima ai
  • Tony Silva
    Cidade: Brasil
    Música: Sunday Bloody Sunday
  • Sérgio Sales
    Cidade: Brasil
    Música: Faroeste Caboblo - Legiao Urbana
Publicidade Lateral
Bate Papo

Digite seu NOME:


Estatísticas
Visitas: 187009 Usuários Online: 115


Parceiros

Copyright (c) 2020 - Radio Bela Vista SP - Todos os direitos reservados