Sábado, 19 de Setembro de 2020

Brasil

Publicada em 24/10/19 às 07:21h - 39 visualizações
Famílias ocupam casas do 'Minha Casa, Minha Vida' inacabadas há 3 anos em São Joaquim da Barra, SP

Radio Bela Vista SP


Famílias ocupam casas do 'Minha Casa, Minha Vida' inacabadas há 3 anos em São Joaquim da Barra, SP  


Previsto para ser entregue em 2016, o residencial “Morada do Sol”, em São Joaquim da Barra (SP), segue inacabado há pelo menos dois anos. As estruturas das 100 casas chegaram a ser erguidas, mas as obras elétricas, hidráulicas ou de acabamento nem começaram.

Cansados de esperar por uma solução do poder público, famílias estão ocupando os lotes desde a última semana, na expectativa de, por conta própria, finalizar o projeto prometido pelo governo federal, através do Programa Minha Casa, Minha Vida.

“Ninguém veio fazer bagunça. A gente veio para lutar por moradia, para ter moradia digna, para a gente poder pagar, é isso o que a gente quer. Até agora ninguém se manifestou”, disse a catadora de recicláveis Maria Isabel Lourenço, uma das invasoras.

Casas inacabadas do residencial 'Morada do Sol' em São Joaquim da Barra, SP — Foto: Chico Escolano/EPTV Casas inacabadas do residencial 'Morada do Sol' em São Joaquim da Barra, SP — Foto: Chico Escolano/EPTV

Casas inacabadas do residencial 'Morada do Sol' em São Joaquim da Barra, SP — Foto: Chico Escolano/EPTV

A construção começou em janeiro de 2015 e a entrega estava prevista para agosto do ano seguinte. Ainda no início de 2016, as obras foram interrompidas, o alojamento dos pedreiros foi esvaziado e o matagal cresceu em torno das edificações inacabadas.

“A gente paga aluguel muito alto. O pessoal é gente humilde, gente de família, que estão chamando de ladrão. A gente sabe que não é certo invadir, mas se não fizer isso e dar uma ‘esprimidinha’ no governo, não estão nem aí com os pobres”, afirmou Maria Isabel.

Orçadas em R$ 90 mil, das casas do Morada do Sol foram projetadas para ter 48 metros quadrados e dois quartos cada uma. A proposta aos mutuários previa o pagamento de uma entrada e o recolhimento de taxas mensais de obras até a entrega.

“Tenho dois filhos, na época meu marido estava preso. Lutei para pagar por volta de R$ 12 mil. Eles sumiram e não deram nenhuma satisfação. Entrei na Justiça para ressarcir o meu dinheiro”, afirmou a auxiliar de limpeza Nayra Fernanda da Silva.

A auxiliar de limpeza Nayra Fernanda da Silva e o filho na casa em São Joaquim da Barra, SP — Foto: Chico Escolano/EPTV A auxiliar de limpeza Nayra Fernanda da Silva e o filho na casa em São Joaquim da Barra, SP — Foto: Chico Escolano/EPTV

A auxiliar de limpeza Nayra Fernanda da Silva e o filho na casa em São Joaquim da Barra, SP — Foto: Chico Escolano/EPTV

Temendo ficar sem o dinheiro e a casa, Nayra também passou a ocupar um dos imóveis inacabados, sem telhado, janelas e portas. Ela e o filho passam a noite no local. Durante o dia, é o padrasto dela quem protege a casa de outros invasores.

“Vou procurar a Prefeitura, pagar o meu IPTU, minha água, andar com as coisas certas, porque sou honesta. Todo mundo aqui é honesto, não tem nenhum vagabundo, são todas pessoas de bem, trabalhadores em busca do mesmo sonho que o meu”.

A aposentada Laura Camilo da Silva Santos confirma o desejo da casa própria. Ela conta com a ajuda de vizinhos do loteamento para conseguir ficar no imóvel inacabado. Alguns moradores oferecem água em mangueiras para as famílias cozinharem ou tomarem banho.

“A gente pediu um colchão, um fogão, um isopor para colocar a carne e a água para beber fria. A gente emenda a borracha e vai trazendo até mais perto para gente encher as vasilhas com água, usar e beber. Usar o banheiro é na latinha e joga no esgoto”, diz.

Famílias ocupam casas inacabadas no residencial 'Morada do Sol' em São Joaquim da Barra, SP — Foto: Chico Escolano/EPTV Famílias ocupam casas inacabadas no residencial 'Morada do Sol' em São Joaquim da Barra, SP — Foto: Chico Escolano/EPTV

Famílias ocupam casas inacabadas no residencial 'Morada do Sol' em São Joaquim da Barra, SP — Foto: Chico Escolano/EPTV

Retomadas as obras

Em nota, a Secretaria Nacional de Habitação do Ministério do Desenvolvimento Regional informou que as operações de financiamento imobiliário firmadas pelo Programa Minha Casa, Minha Vida são realizadas com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

“Os contratos são realizados por meio das instituições financeiras autorizadas a operar com esses recursos, hoje representadas pela Caixa Econômica Federal (CEF) e pelo Banco do Brasil (BB)”, diz o comunicado.

Assim, o governo federal alegou que não compete a ele “intervir ou interferir nos processos relativos às operações de financiamento imobiliário. A condução do processo compete à instituição financeira que, neste caso, é o Banco do Brasil”.

O BB, por sua vez, defendeu ter cumprido todas as obrigações, inclusive fornecendo apoio e orientações aos mutuários sobre a possibilidade de retomada das obras pela “comissão de representantes”, conforme dispõe a Lei de Incorporações Imobiliárias.

Nenhum representante da Consfran Engenharia foi encontrado para comentar o caso.

Em 2017, mato tomava conta do conjunto habitacional em São Joaquim da Barra, SP — Foto: Chico Escolano/EPTV/Arquivo Em 2017, mato tomava conta do conjunto habitacional em São Joaquim da Barra, SP — Foto: Chico Escolano/EPTV/Arquivo

Em 2017, mato tomava conta do conjunto habitacional em São Joaquim da Barra, SP — Foto: Chico Escolano/EPTV/Arquivo




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:





(16)99153-0444

No Ar
TUNEL DO TEMPO com TUNEL DO TEMPO
Peça sua Música

  • Alexandre
    Cidade: SJBV
    Música: Pompem Raimundos
  • Renan
    Cidade: São José da Bela vista
    Música: Manda uma música do Gustavo Lima ai
  • Tony Silva
    Cidade: Brasil
    Música: Sunday Bloody Sunday
  • Sérgio Sales
    Cidade: Brasil
    Música: Faroeste Caboblo - Legiao Urbana
Publicidade Lateral
Bate Papo

Digite seu NOME:


Estatísticas
Visitas: 186989 Usuários Online: 101


Parceiros

Copyright (c) 2020 - Radio Bela Vista SP - Todos os direitos reservados